Sutjeska

Vem que eu não mordo.   Submit   Bem aventurados os que mentem, felizes são aqueles que não sentem, e eu, sentenciado a reclusão. À luz desse farol da solidão.

twitter.com/Apenas1Tequila:

    "Desculpe-me, mas eu ainda valorizo a palavra amor e quando digo que amo, eu amo de verdade. Não sei amar pela metade, não sei amar um pouco."
    Ravena Souza.     (via alentador)

    (Source: alinhou, via alentador)

    — 1 day ago with 31388 notes
    "Estão falando por aí que não foi amor. Saem apontando os dedos tortos e dizem que não passou de uma paixonite, que foi coisa de adolescente. E foi mesmo, um exagero adolescente. Acharam que que era puro hormônio da idade. As pessoas vivem de achismos e afogam-se neles. Acham que não passou do drama dos dezessete. Acham que só se ama quando se passa dos vinte e cinco. Só é maduro se tem trinta. Acham que só quem pode reclamar são os que passaram dos sessenta. Do mesmo modo, acharam que não foi amor. Mas foi, foi sim. Eu afirmo. E peço que afirme também, que não deixem diminuir o que fomos, porque o mundo ficou pequeno pro sentimento que nos alimentava. Foi sim, porque se não fosse, não teria doído tanto. Se não tivesse sido amor, eu não me perderia dentro de mim, não ficaria louco e esqueceria dentro de um mês. Foi, eu sei que foi, pois, se não tivesse sido, o tempo não demoraria tanto pra passar, o peito não queimaria tanto e a vida não ficaria opaca. Diz pro mundo que fomos sim, que éramos, mas que hoje somos pura saudade. Que amanhã serei outro e sendo outro posso não ter mais nada teu aqui, mas isso é impossível, porque era sim! E por um longo tempo eu pensei que seria por tempo indeterminado."
    Guilherme Lopes (via almador)
    — 5 days ago with 7 notes
    "Uma vez me falaram que amar é se jogar de um precipício sem saber se lá embaixo vai ter alguém para segurar a gente. Foi a melhor definição de amor que já ouvi."
    Clarissa Corrêa. (via auroriar)

    (via fly-likeag6)

    — 6 days ago with 18903 notes